top of page

O município foi contemplado com o repasse de quase R$ 400 mil, que serão investidos na aquisição de

Atualizado: 3 de ago. de 2023

Cachoeirinha foi uma das quatro cidades contempladas no Estado do Rio Grande do Sul pelo Programa de Ação na Segurança (PAS), lançado na sexta-feira, 21, pelo Governo Federal. O município foi contemplado com o repasse de R$ 389.516,54 do Programa Escola Segura, cujo edital prevê o fortalecimento das “capacidades institucionais dos órgãos de segurança pública para atuação nas escolas, por meio de ações preventivas das patrulhas/rondas escolares das polícias militares ou das guardas civis municipais, bem como pelo fortalecimento da investigação e inteligência policial no monitoramento e repressão de crimes perpetrados ou planejados contra a comunidade escolar e seus membros, inclusive em ambientes virtuais”. Com o valor, a Guarda Municipal pretende adquirir duas viaturas, duas motocicletas equipadas para atividade policial, um drone, duas caixas de som, duas telas de projeção, dois notebooks, quatro monitores Led, dois computadores e dois projetores. Os equipamentos serão utilizados em palestras educativas nas escolas.

Programa de Ação na Segurança (PAS): repasse de R$ 389.516,54 do Programa Escola Segura


Conforme o prefeito Cristian Wasem, “o projeto de Cachoeirinha já foi aprovado e habilitado e está na fase de elaboração da documentação exigida pelo Governo Federal, cujo trâmite deve levar cerca de 30 dias”. Após este procedimento, serão abertos os processos licitatórios para aquisição de cada item. Com o investimento, estão previstas ações como: palestras socioeducativas com alunos, professores, pais e funcionários; acompanhamento de entrada e saída dos educandos e professores, monitoramento no entorno das escolas, rondas periódicas, relatórios estatísticos e encaminhamentos para outros serviços como assistência social, saúde, conselho tutelar.


De acordo com o projeto, a expectativa é a redução dos índices de violência escolar, através do trabalho com temas que possam privilegiar a promoção dos direitos humanos, a reflexão sobre princípios, valores éticos e morais propiciará um ambiente permanente, capaz de criar uma “cultura de paz”.

4 visualizações
bottom of page